Incivilidade 11 – a the best da besta!

Decididamente vou parar de publicar fotos de estacionamentos incivilizados em Belém de Nova Delhi. Vou atrás de outras incivilidades, como, aliás, já venho fazendo.

Aqui todo mundo faz o que quer, como quer. Sem problema. Sem regras. Sem nada! Diz que deu… como é que vai ficar, ô nega!

A foto derradeira é a coisa mais absurda que já vi sobre este tema especial de incivilidade. Foi tirada hoje, por volta das 15:00hs, deconfronte ao Banco Itaú, esquina da Rua Boaventura da Silva com a Av. Doca de Souza Franco.

Ali, às escâncaras, num dos lugares de maior fluxo de pessoas, de veículos e de autoridades da Capital do Pará. Dando tapa na nossa cara, na nossa alma, na nossa vergonha!

O povo, a gente, a população, a sociedade, a galera, vós, a rapeize, nós, todo mundo, temos os políticos que merecemos. Não se pode mais acreditar na inocência.

Pra mim, e não é de agora, caiu o mito do povo sofrido, analfabeto e miserável que vende o voto por comida, por asfalto, por camisa.

É desculpa para justificar as nossas escolhas. Só isso!

Belém, cidade sem lei! Vejam só que absurdo!

Observem aquele senhor de óculos, andando amparado por uma senhora. Eles estavam procurando um lugar, um modo de atravessar, sem ser atropelado, pois a traseira da caminhonete avançava sobre a faixa de pedestre, jogando o transuente para o eixo da outra via.

Observem aquele senhor de óculos, andando amparado por uma senhora. Eles estavam procurando um lugar, um modo de atravessar, sem ser atropelado, pois a traseira da caminhonete avançava sobre a faixa de pedestre, jogando o transuente para o eixo da outra via.

Anúncios

Sobre Lafayette

Xipaia... o último dos guerreiros!
Esse post foi publicado em Incivilidades. Bookmark o link permanente.

5 respostas para Incivilidade 11 – a the best da besta!

  1. Belenâmbulo disse:

    vamos dar um desconto…
    deve ser um pobre coitado, que lutou pela sobrevivência desde a tenra idade e não teve as mínimas condições materiais que pudessem subsidiar uma formação moral adequada.

    espernear, espernear, espernear… é o que nos resta!

    abraço

  2. Belenâmbulo disse:

    É que eu fico constrangido de chamar nome no blog dos outros, mas foi isso mesmo o que eu quis dizer. Usou o google translator, foi?

    Abraço

  3. canalhento disse:

    É UM FILHO DE UMA PUTA, BOÇAL, CRÁPULA E CRETINO !!! [x2]

    Não deveria ter escondido a placa, campeão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s