As Time Goes By (Casablanca – 1942 – Ingrid Bergman)

Alguém nesta vida – e em qualquer outra – imaginou que o Sam não iria tocar?

Never! Jamais! Jamé!

Às 0:36, Ingrid Bergman, a dona do olhar mais cândido do cinema, faz o pedido. Feche os olhos neste extato momento…

…ah, o Sam… coitado do Sam!

Anúncios

Sobre Lafayette

Xipaia... o último dos guerreiros!
Esse post foi publicado em Música. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s