Maitê Proença e os Portugueses de Portugal

Cara, o mundo tá ficando muito, mas muito chato! Para o ônibus que quero desembarcar!!!

Estão fazendo a maior onda com a Maitê Proença (ela até teve que pedir desculpa) por causa deste vídeo abaixo.

O politicamente correto vai nos transformar nuns ingleses!

Ps.: Não adianta, não vou pedir desculpa aos ingleses!

Anúncios

Sobre Lafayette

Xipaia... o último dos guerreiros!
Esse post foi publicado em Mistérios que me afligem a alma!, Na Geral. Bookmark o link permanente.

4 respostas para Maitê Proença e os Portugueses de Portugal

  1. waleiska disse:

    É por isso que eu detesto gente politicamente correta.
    Esse lance de Todos e Todas.
    Eca!

  2. Quem nunca contou uma anedota de alentejano que atire a primeira pedra. Foi esta reação que tive quando me falaram do seu deplorável video. Nem me dei ao trabalho de o ir ver. Mas, depois veio o tal pedido de desculpas. E este sim, é terrível. Porque não há nenhum pedido de desculpas, há apenas uma tentativa de se justificar e xingar de pouco inteligente quem não achou graça. Aí resolvi ver o video original. Tão mal feito que não valia pena, mas cuspir nos Jerónimos foi demais! Não há sentido de humor que dê graça aquilo.

    Como português a viver no Brasil conheço todas as piadas de portugueses. Uma engraçadas mas, a maioria, apenas mostra a ignorância brasileira sobre os portugueses. Como estou no país de vocês finjo rir e achar graças, por educação (às vezes é preciso ter).
    Mas é preciso saber onde fazer as coisas. Eu nunca me lembraria de começar a contar anedotas de alentejanos em Beja, de dizer a um alentejano que quem fez o templo de Diana tinha mau gosto ou, principalmente, nunca cuspiria na Capela dos ossos! Há limite para tudo e o ser-se brincalhão não é justificativa para fazer-se o que bem se entende e não esperar consequências.

    • João, obrigado pela visita e pelo comentário.

      O que observo sobre este assunto é que, até pessoas como você, com cultura alta (observei seu curriculo, muito bom) generaliza.

      Minha defesa não é da Maitê e/ou sobre “vamos ser xenofóbicos”. Mas, sim, sobre o humor, a piada. Boa piada, péssima piada. Tem quem ria.

      Claro que, no vídeo da Maitê, tem coisas que nem piada é. É opinião. Sou defensor da livre opinião. Claro, é como você disse, aguarde consequências para tais, há leis para tanto (pena que, não raro, tais leis são, somente, para calar a boa da opinião contra os atos ilegais do poder vigente – em Portugal e aqui, sabemos, passamos por isto).

      João, claro que nem todo brasileiro é ignorante sobre os portugueses, como nem todo os portugueses maltrata os dentistas brasileiros. Captou a mensagem? Sem generalizar.

      Você está no nosso país, é verdade, produzindo, trabalhando, criando, vivendo, estudando (fico na torcida, sinceramente, que o fruto de tais estudos sejam aplicados por aqui – lá na Europa eles já está lotado de doutores) mas, queres uma dica: não ria quando não queres rir. Aqui pode. Pode-se tudo, inclusive, não rir.

      Abraços.

      *Tuas fotos no teu blog são muito boas, heim!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s