Ecos do GRANDE ENCONTRO (Flanar)

Do blog Flanar, dos multinstrumentistas, Val-André Mutran,Carlos Barretto, Scylla Lage Neto, Yúdice Andrade, Itajaí de Albuquerque, Francisco Rocha e Juvêncio Arruda (em memória), trago pra cá, mais um eco do GRANDE ENCONTRO!

terça-feira, 24 de novembro de 2009
Blogues, ataques e discordância

O Flanar esteve presente ao café da manhã ofertado pela governadora Ana Júlia Carepa. Os articulistas fizeram-se representar pelo Carlos Barretto, a quem denominamos de editor-chefe, criador deste blog e liga da união de forças que torna possível ao Flanar, mantido por seis cidadãos paraenses de várias matizes ideológicas e profissionais e que não sobrevivem do que fazem aqui, ser atualizado praticamente todos os dias.

Para entender este empreendimento, é preciso ter bem em mente, repito, que nenhum dos autodenominados Flanares vive do blog. Cada qual tem seus afazeres diários, com família, amigos, trabalho, estudo. A prática diletante das postagens representa uma forma de exercer a cidadania e de difundir opiniões. Decorre da vontade de manter vivo um espaço de debates, democrático, aberto, plural e sem censuras.

Por isso, da parte deste blog, a conversa com o governo foi encarada com muita tranquilidade. E se o convite e a recepção foram cordiais, porque não devolver com cordialidade?

O problema é que isto é mal visto por aí. Comentaristas apareceram em algumas caixinhas de comentários e, pretendendo exercer patrulha sobre as atitudes do blog, desancaram seus articulistas, ultrapassando o nível da civilidade. Isto nada mais é que uma tentativa velada de censurar os articulistas. Sua prática, digo-lhes, é velha; antiquada, para qualquer lado do espectro político que se olhe; antidemocrática, que é o pior valor que alguém pode alimentar.

Alguns blogues, ademais – e, graças a Deus, este problema não chegou por aqui -, têm sido destratados pela presença no tal café da manhã. Há uma série de postagens absurdas, por exemplo, no blog do deputado Vic Pires Franco, que pretende atingir alguns dos presentes no encontro. Vale-se da prática de acusar os blogueiros de pretender angariar cargos ou benesses do governo. Aguarda as críticas para apontar os supostos sacis, em quem as carapuças teriam servido.

Esta situação merece dois comentários.

O primeiro é o de que ofende a inteligência de quem o lê querer tangenciar o alvo de suas aleivosias. Há o target definido, a jornalista Franssineti Florenzano, única blogueira mulher presente ao meeting, e evidente personagem dos posts de humor duvidoso lançados no blog. Há também, porém, o alvo oculto: Ana Júlia Carepa, ou o governo que ela representa, apresentado como o cooptador, na base dos donativos indiretos, dos cidadãos que escrevem em blogs. Segundo tal entendimento, a blogosfera, porque é lida e comentada e, queira-se ou não, representa uma mídia com algum alcance entre os chamados formadores de opinião, estaria sendo tentada pelo canto da sereia petista, que a quer calada ou, ao menos, exultando elogios.

Entre os blogueiros, porém, há cidadãos que não têm interesse político partidário, não vivem de puxar o saco de ninguém, não têm pendão, aptidão ou atração pelo poder ou pelos poderosos (que, em uma democracia, são sempre de plantão, é bom não esquecer). Estas pessoas serviram de meio para que o blog do deputado lançasse seus comentários, visando os alvos identificados. Não houve distinção ou respeito pelo pensamento ou posição de cada um. Foram aleatoriamente chamados de chapa branca.

Pois chapa branca, aqui, não há. Até mesmo aqueles que eventualmente merecessem esta acusação, se fosse o caso, deveriam ser tratados com respeito. Não há justificativa, por isso, para as postagens de mau gosto, em especial oriundas do blog de um deputado federal, que deve honrar o cargo que ocupa sob todos os pontos de vista – inclusive no modo como emite suas opiniões. Neste sentido, a blogueira e jornalista Franssineti Florenzano merece o apoio e o respeito do poster.

O segundo comentário é que o entendimento, expresso por vários, de que houve uma tentativa do governo de cooptação dos blogueiros não é de todo falsa. Mas ela não é feita da forma rasteira como pensam. É sutil, inteligente. Não houve, nem haverá, oferta de cargos, de dinheiro depositado nas Bahamas ou nas Ilhas Cayman ou de barras de ouro em bancos uruguaios.

Para aqueles que não sabem como funciona este mecanismo, proponho a leitura do post O Esquenta, noblog do CJK. Se se interessarem, podem aprofundar o assunto no livro Concepção Dialética da História, do filósofo marxista italiano Antonio Gramsci.

Finalmente, é bom lembrar que cooptação não é, por si só, um termo pejorativo. No entanto, por dever de ofício, digamos assim, blogues são sempre críticos. Ao menos este continuará a sê-lo. Para isto, continua válido o dístico “diversidade de opinião”. As críticas, no entanto, não atingirão, como nunca atingiram, a honra pessoal de quem quer que seja. Aqui há, no mínimo, gente educada.

E vamos em frente.

Anúncios

Sobre Lafayette

Xipaia... o último dos guerreiros!
Esse post foi publicado em Na Geral. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Ecos do GRANDE ENCONTRO (Flanar)

  1. Anonymous disse:

    Oba , te reencontrei.Rapaz , acompanhei toda celeuma sobre o tal encontro e não consigo entender a lógica rastaquera das agressões gratuitas.Achei a atitude da governadora extremamente louvável abrindo um canal de comunicação com uma nova e cada vez mais poderosa mídia formadora de opinião e lógico que um convite gentil é respondido e aceito gentilmente daí a entender como cooptação , compra das consciências etc e todas as baboseiras que lí , principalmente numa postagem mal educada , ofensiva e gratuita no blog de um deputado vai uma distãncia enorme isso em minha humilde e sincera opinião.Viva a Blogosfera paraense e se o governo tomar uma atitude bacana , elogiem e se fizer merda desçam o sarrafo como sempre têm sido pelo menos nos blogs que acompanho e a maioria ou estava lá ou foi convidada.gentileza gera gentileza , não subserviência.AbraçosTadeu

  2. Anonymous disse:

    Ainda mais atacar a Fransinette (que linda que ela tá na foto no blog dela) é pura falta de…….do que fazer ; vá-lá.São todos estudantes da Unitaleban.Abração mermãoTadeu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s