ÚLTIMO DESEJO (Noel Rosa) – No TERRA DO MEIO

ÚLTIMO DESEJO (Noel Rosa)

Nosso amor que eu não esqueço, e que teve o seu começo
Numa festa de São João
Morre hoje sem foguete, sem retrato e sem bilhete,
sem luar, sem violão

Perto de você me calo, tudo penso e nada falo
Tenho medo de chorar
Nunca mais quero o seu beijo mas meu último desejo
você não pode negar

Se alguma pessoa amiga pedir que você
lhe diga
Se você me quer ou não, diga que você
me adora
Que você lamenta e chora a nossa separação

Às pessoas que eu detesto, diga sempre que eu não
presto
Que meu lar é o botequim, que eu arruinei sua vida
Que eu não mereço a comida que você pagou pra mim.

Anúncios

Sobre Lafayette

Xipaia... o último dos guerreiros!
Esse post foi publicado em Música. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para ÚLTIMO DESEJO (Noel Rosa) – No TERRA DO MEIO

  1. ildon pinto disse:

    Pela primeira vez vejo a letra de Ultimo Desejo onde se escreve o “meu lar é o botequim” e não como todas as cantoras/cantores dizem o “meu lar é um botequim”. Noel dizia que a unica gravacão correta é a da Marilia Batista. Até Aracy errava. Beleza

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s