Joe Bonamassa: SRV do Séc. XXI

Desde que Stevie Ray Vaughan, prematuramente, aos quase 36 anos, morreu num acidente de helicóptero, em 1990, não surgia, a meu ver, um gênio “da raça” no mundo da guitarra (já escrevi sobre Stevie aqui).

Guitarristas espetaculares tem aos montes por aí, mas digo “dos geniais” pra’queles que ultrapassam uma barreira que não sei explicar. BB. King, Eric Clapton, Buddy Guy, são exemplos clássicos.

Eis que encontro Joe Bonamassa.

Atualmente com 34 anos, nasceu em Utica, New York, EUA. Toca guitarra desde os 4 aninhos, e, como curiosidade, não parou mais de guarda-las: atualmente tem na coleção, 215 delas.

O pacote é completo: Voz, técnica (ataques perfeitos) e improvisações surprendentes. O que me chamou atenção, de início, foi o fato de que, aos oito anos, fora elogiado por BB. King (algo parecido com SRV, por Albert King).

Têm uma semana que estou “consumindo” Joe Bonamassa. Ele é inacreditável! Fico pensando que, tal sentimento, deve ter acontecido com as pessoas que começaram a escutar o Stevie, no final da década de 70.

Ouso dizer que Joe Bonamassa é o SRV do Séc. XXI. Com distorções modernas, aplificadores ultra-super-digitais-bits-e-terabits Que os deuses o proteja de helicópteros, maus tempos e otras cositas más, por muitos e muitos anos.

Veja e conclua:

Primeiro, o Stevie:

Agora, três do Joe:

Ps: Noutro dia falo sobre o BB. King do Séc. XXI.

Anúncios

Sobre Lafayette

Xipaia... o último dos guerreiros!
Esse post foi publicado em Música. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s