Hipátia de Alexandria e Rimsha de Islamabad

Hipácia foi uma mulher além do seu tempo. Um daqueles mamíferos que, depois de longa jornada evolutiva, raramente aparece entre os “Homo sapiens sapiens”.
Foi a última coordenadora da Biblioteca de Alexandria.
Matématica, médica, astrônoma e diretora da escola de filosofia neoplatônica em Alexandria.
Nasceu aproximadamente em 355 da era cristã(sic), viveu numa época em que a mulher era uma simples propriedade do homem.
Seu pensamento científico a levou para morte. Não, não porque descobriu que Deus não existe, ou alguma coisa assim. É que naqueles tempos, como agora em muitos lugares, pensar a origem da vida, do planeta, do Cosmo, enfim, era considerado “paganismo” pela Igreja Católica, a grande força política de então.
Hipátia escreveu muitas obras científicas. Era uma admiradora da matemática e da física. Desenvolveu notáveis equipamentos importantes como o hidrômetro.
Escreveu tratado sobre geometria. Era um oráculo (coisa rara para uma mulher, EM QUALQUER TEMPO, diga-se, neste mundo ainda machista!).
Os matemáticos lhe enviavam perguntas, cálculos “insolucionáveis” para que ela simplesmente os “solucionasse”!
O Bispo Cirilo de Alexandria a detestava. Não só por ser cientista. Não só por nunca ter se casado e, com 30 anos, já era diretora de uma Escola da Biblioteca de Alexandria, o maior centro cultural da humanidade, antes e agora.
Mas, também, por ser mulher e porque achava que sua popularidade rivalizava com o Cristianismo, pois as pessoas só deveriam admirar Cristo, o Salvador. “Ela está roubando de Deus os seus direitos e deve cair”, teria dito perante vários seguidores.
Numa tarde, no mês de Março, em plena Quaresma do ano de 415, Hipátia foi assassinada. Uma turba de fanáticos religiosos, sob o mando, pelo menos psicológico, do Bispo Cirilo, a atacou quando retornava para o seu trabalho, na Biblioteca de Alexandria.
No outro dia, a mesma essa biblioteca foi destruída. Lá estavam quase todos os escritos científicos que séculos de pensamentos livres, mas, agora, pagãos, já tinham produzidos.
Desde que a Terra era redonda, que circulava, com mais outro 3 planetas, entorno do Sol, passando pelo conhecimento de que tudo pode ser subdividido várias vezes, até a uma última parte, que, de tão poderosa, se destruída, também destruiria seu destruidor, com a liberação de uma grande energia, mas tão grande energia que só poderia ser um Deus, o Deus Átomo (Escola Atomista Grega, cerca de 350 antes de Cristo).
Já se imaginava naquela época que os homens e demais seres, vinham evoluindo com o passar do tempo, originando-se de seres mais primitivos.
Tudo foi destruído. A Humanidade, o Mundo, tudo seria diferente, hoje em dia, se a cultura registrada em Alexandria não tivesse sido destruída e seus descobrimentos e pensamentos poribidos por longos séculos.
Hipácia teve uma morte horrorosa: os fanáticos, monges e paroquianos, de Cirilo a jogaram da carruagem, tiraram suas roupas e separaram suas carnes dos ossos com cacos de cerâmica. O que sobrou de seu corpo foi queimado, suas obras científicas destruídas.
Cirilo, depois, foi canonizado, e virou São Cirilo de Alexandria da Santa Igreja Católica Apostólica Romana.

__________________/

Dias desses, no Paquistão, uma criança de 11 anos fora condenada à morte por ter blasfemado. Seu crime: ter queimado 10 páginas de um livro velho, que achara em sua casa, para fazer o fogo. Ia cozinhar. Era uma edição do Alcorão.
A menina, chama-se Ramsha, vive em um bairro pobre e cristão, é analfabeta e disse que não sabia que destruíra páginas do livro sagrado. Ela tem Síndrome de Down!
Um morador do local a DENUNCIOU à polícia paquistanesa que, imediatamente, a prendeu.
Depois de muitos apelos e de uma junta médica do Paquistão ter realizado série de exames médicos na menina e ter comprovado que ela tem um atraso mental e, por conta disto, não sabe ler, a liberaram, só que, agora, sob forte vigilância: Não terá uma segunda oportunidade, já a avisaram.

Não aprendemos com o passado.

Anúncios

Sobre Lafayette

Xipaia... o último dos guerreiros!
Esse post foi publicado em Na Geral e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s