Samba Pra Ti

Eis um samba feito só pra ti
A melodia fiz assim
Quero sambar
Noite e dia sem fim
Até morrer no samba
Até morrer bamba

Na cadência do meu samba
Na malandragem da agonia
Sai melancolia
Vem a alegria pro teu coração

Fizestes tantos sambas
Tanto boleros antigos
Tantos versos amigos
Versos verões venais

Fostes tantas mulheres
Dessas que só dizem sim
Dessas que nem deixam a medida do Bonfim
Aquelas perfeitas só pra mim

Eita, que o samba vem
Que o samba vai
Derrubar o barraco
Derrubar o meu bem

Eis um samba feito só pra ti
A melodia saiu assim
No teu samba
Gente bamba
A gente samba

Anúncios

Sobre Lafayette

Xipaia... o último dos guerreiros!
Esse post foi publicado em Música, Poemeu e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s