DÉCIMAS

Tem correria
Essa vida que teima voar
É trabalho, é celular
Sangria
É a lida. É dia. É dia-a-dia
Mas, meu amor, por ti, sou
És por mim. E a mim, o amor doou
Receba esta décima, com todo amor, como Suassuna nos ensinou.

*Para a Aluísia.

Recebo tua “décima” com todo amor e emoção
Sou por ti, e a ti, o amor doei
És por mim amor, o amor que conquistei
A vida corre e como corre, cabendo a nós a imaginação
Em vivê-la, plenamente, com amor e dedicação
Que me perdoe Suassuna, o meu mal aprendizado
Por tentar aqui em décima declarar ao meu amado
Como sou feliz contigo
Por te ter como marido
Meu eterno namorado.

  • Para Lafayette

Aluísia,

Suassuna quem dera ler
Tais décimas de amor
Pois saberia o seu valor
Saberia ver
Que para se ter
Inspiração
Basta olhar para o coração
Que habita
Toda beleza infinita
Da nossa imaginação

Sobre Lafayette

Xipaia... o último dos guerreiros!
Esse post foi publicado em Na Geral. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s