Arquivo da categoria: Poemeu

Transformar o tédio em poesia…

TUDO ASSIM

Tudo dói Tudo rói Tudo mói Tudo corrói Tudo grava Tudo filma Tudo posta Tudo mídia Tudo pensa Tudo responde Tudo dúvida Tudo certeza Tudo critica Tudo mira Tudo vira Tudo mirra Tudo gira Tudo reza Tudo peca Tudo meca … Continuar lendo

Publicado em Poemeu | Deixe um comentário

PORTO DE NÓS

Somos como porto Porto de nós Chegamos saindo Saímos para sempre Nunca mais aportamos A finitude é horizonte O final, longe O sempre, perto O nunca, chega na hora desmarcada E vamos vivendo Perdemos ao ganhar Dia após dia Passados, … Continuar lendo

Publicado em Poemeu | Deixe um comentário

Samba Pra Ti

Eis um samba feito só pra ti A melodia fiz assim Quero sambar Noite e dia sem fim Até morrer no samba Até morrer bamba Na cadência do meu samba Na malandragem da agonia Sai melancolia Vem a alegria pro … Continuar lendo

Publicado em Música, Poemeu | Marcado com , , , | Deixe um comentário

E se…

Se não existisse, que falta eu faria?

Publicado em Poemeu | Deixe um comentário

Belém, tão só!

Belém Qual o motivo Que sem motivo algum Te abandonaram Te deixaram em má compania Com companias que não se deixam Nem o pior amigo Com o seu pior inimigo Por onde estás? Por onde vais? Tão bela Tão só. … Continuar lendo

Publicado em Poemeu | Deixe um comentário